Por que usar produtos sem glúten?
Saúde

Por que usar produtos sem glúten?

Há tempos que médicos e nutricionistas sabem que o glúten, uma substância encontrada no trigo, no centeio, na cevada e na aveia , transforma-se numa espécie de cola ao chegar no intestino e gruda nas paredes intestinais, provocando, aos poucos, saturação do aparelho digestivo, o aumento da gordura visceral (na região do abdômen), dores articulares, alergias cutâneas, enxaqueca e depressão. “

Obviamente o glúten tem suas funções importantes para o organismo, o problema é o consumo em excesso. E o pior é que consumimos praticamente o tempo todo o glúten, em massas, biscoitos, pães e bolos. Até mesmo quem curte uma cervejinha vai se deparar com o glúten. Afinal, essa substancia esta presente nos seguintes cereais: trigo, cevada, aveia e centeio. Existem pessoas com alergia e pessoas com intolerância à essa substancia, estes conhecidos como portadores da doença celíaca. Estas pessoas não podem absolutamente consumir produtos que contenham glúten, e algumas vezes nem mesmo laticínios. Sofrem com diarreias constantes por causa de determinados alimentos.
A sorte que no mercado hoje existem produtos super gostosos sem glúten, cookies super saborosos, barrinhas, bolos, e o bifum – um macarrão feito de arroz (mais tarde falarei dele). Já provei alguns deles e adorei. Não vi diferença alguma em relação aos que contem glúten e ainda me senti mais leve!
Mas bacana mesmo foi o que descobri sobre dietas com redução do consumo de glúten. Pessoas que a seguem garantem ter começado a emagrecer rapidamente, e garantiram que a barriga seca! Endocrinologistas afirmam que o glúten que fica grudado nas paredes intestinais, estagna o metabolismo, baixando a imunidade corpórea e promovendo a absorção de toxinas.Outra coisa bem bacana sobre o glúten, comprovado cientificamente, é que o excesso dele no intestino pode nos levar à depressão. Isso porque o organismo acaba por produzir menos serotonina, o hormônio da alegria.

Aqui está uma boa dica para quem quer entender mais sobre nutrição e iniciar uma dieta sem glúten.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *