» Categoria: Curiosidade

Panettones com sabores diferentes neste Natal

Nos corredores e prateleiras dos supermercados, os panetones anunciam a chegada do Natal. Em meio ao desemprego e à inflação alta, os fabricantes não esperam alta nas vendas em relação ao ano passado. Para manter o mesmo nível, apostam em sabores diferentes: churros, Ovomaltine, Chandelle, banana com canela e até sem adição de açúcar, por exemplo.

Serão vendidas 500 mil toneladas de panetones neste ano, segundo estimativa da Abimapi (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias, Pães e Bolos). Algumas marcas tentam driblar o momento de estagnação por aqui exportando para os Estados Unidos –caso da Bauducco e da Ofner.

Churros, sonho e brigadeiro

A fabricante Arcor lançou três novos sabores de panetone neste ano:

  • churros: com toque de canela na massa e recheio de doce de leite;
  • sonho: recheado com o creme do famoso doce de padaria;
  • brigadeiro: com recheio de brigadeiro e chocolate granulado.

Os panetones são vendidos em embalagens de 550 gramas e o preço sugerido é de R$ 19,99 (podem variar de acordo com o local de venda).

Ovomaltine e pedaços de morango

A Bauducco aproveitou a polêmica do milk-shake e lançou o panetone de Ovomaltine:

  • Ovomaltine: coberto com chocolate, acompanha um sachê de 20 gramas de Ovomaltine; a embalagem tem 550 gramas e o preço sugerido é deR$ 21,60.
  • A fabricante também aposta no panetone com gotas de chocolate e pedaços de morango, de 550 gramas, com preço sugerido de R$ 16,49.

Chandelle, doce de leite e Prestígio

A Nestlé transformou sua sobremesa láctea em um sabor de panetone:

  • Chandelle: a massa é de chocolate e o recheio tem a famosa sobremesa da marca;
  • Também foram trazidos de volta sabores vendidos em outros anos, como o panetone de doce de leite e o de Prestígio.

As três opções são vendidas em embalagem de 500 gramas, com preço sugerido de R$ 23,99.

Banana com canela e desenhos infantis

A fabricante Village tem duas novas apostas para este ano:

  • Panetone recheado com banana e canela: com 500 gramas e preço sugerido de R$ 16,90;
  • A empresa tenta atrair a atenção das crianças com minipanetones de 80 gramas recheados com gotas de chocolate, vendidos em embalagens estampadas com desenhos infantis, como O Show da Luna, Galinha Pindatinha e Scooby Doo. O preço sugerido é de R$ 3,99.

Panetone sem adição de açúcares

Fabricantes menos tradicionais decidiram enveredar no mercado de panetones também. É o caso da Lowçucar, que oferece duas opções:

  • panetone sem adição de açúcares: adoçado com sucralose e recheado com frutas cristalizadas; preço sugerido é de R$ 23,40;
  • panetone com gotas de chocolate diet, com preço sugerido de R$ 26,20.

Embora não seja adicionado açúcar nas receitas, alguns ingredientes podem conter açúcares próprios, segundo a empresa.

bisou bisou,

Vivi



NICK VUJICIC NO BRASIL

Nick é um palestrante motivacional internacional e diretor da Life Without Limbs. Nicholas James Vujicic nasceu (Nick Vujicic) em Melbourne, em 4 de dezembro de 1982. Nick viveu uma vida de privações e dificuldades ao longo de sua infância, pois nasceu saudávelmas sem membros, faltando os dois braços na altura dos ombros, e sem pernas, mas com dois pés pequenos, um dos quais com dois dedos, devido à síndrome Tetra-amelia.

Superação

Devido à uma lei do estado de Victoria (Austrália), ele foi proibido de frequentar uma escola regular por causa de sua deficiência física, mesmo não tendo deficiência mental. Durante a sua escolaridade, as leis foram mudadas, e Vujicic foi um dos primeiros estudantes deficientes físicos a ser integrado numa escola regular. Ele aprendeu a escrever usando os dois dedos do pé esquerdo, e um dispositivo especial que deslizava sobre o dedão do pé que ele usa para agarrar. Ele também aprendeu a usar computador, jogar bolas de tênis, pentear o cabelo, escovar os dentes, atender o telefone, fazer a barba e obter um copo de água.

Depois de implorar a Deus para crescer os braços e pernas, Nick finalmente começou a perceber que suas realizações foram inspiradoras para muitas pessoas e começou a agradecer por estar vivo. A grande mudança em sua vida foi quando sua mãe lhe mostrou um artigo de jornal sobre um homem lidando com uma grave deficiência. Isso o levou a perceber que ele não era o único que lidava com grandes problemas. Quando ele tinha dezessete anos, ele começou a dar palestras em seu grupo de oração, e então começou a sua própria organização sem fins lucrativos, chamada Life Without Limbs (em português: Vida sem Membros).

Nick se formou na universidade com 21 anos de idade com uma dois diplomas: Contabilidade e Planejamento Financeiro. Atualmente, viaja o mundo como palestrante motivacional sobre vários assuntos tais como a deficiência, a esperança e o sentido da vida, já tendo impactado diretamente mais de três milhões de pessoas  em mais de 24 países.

Em Dezembro de 2016, Nick estará no Brasil

Nick tem viajado por todo o mundo, compartilhando sua história com milhões de pessoas, falando para diversos grupos, como empresários, profissionais liberais, professores, estudantes, jovens e até crianças. Sua última vinda foi em 2013, em Belo Horizonte, quando milhares de pessoas tiveram a oportunidade de recebê-lo pela primeira vez no Brasil. Você não vai esperar mais 3 anos para este evento gigante, né?

Os líderes dos próximos anos estão sendo formados hoje. É uma excelente oportunidade para aprender e ensinar para os nossos filhos, mais sobre humildadevalores e superação.

Pessoas portadoras de necessidades especiais tem espaço exclusivo reservado no evento. Sobre o idioma, fique tranquilo, haverá tradução simultânea para o Português.

Os ingressos já estão à venda neste site:

https://www.experienciadesucesso.com.vc/

bisou bisou,

Vivi

 



Panettones diferenciados Mendoá para o Natal de 2016

Se você está buscando novos sabores de panettone, a Mendoá (da qual já fiz posts aqui para vocês) preparou delícias inusitadas para o Natal 2016. Fruto de uma parceria entre a marca e a chef chocolatier brasileira Giuliana Cupini, os Panettones, que estarão à venda em todo o Brasil para o Natal de 2016, têm três sabores diferentes: brigadeiro, cupuaçu e doce de leite com cumaru (uma semente típica da Amazônia). A Mendoá se diferencia por trabalhar exclusivamente com produtos nacionais e de origem.

Os Panettones possuem massa delicadamente umedecida, frutas secas e cobertura de chocolate.

O de cupuaçu é uma verdadeira surpresa já que a fruta vem do nosso querido Nordeste e envolve brigadeiro e cobertura de castanha-do-pará e caramelo. Um mix de aromas e sabores com um toque crocante harmonioso.

Já o de Brigadeiro, uma tradição brasileira, é recheado com leite condensado e chocolate premium 70% de cacau Mendoá, e coberto com chocolate.

O Panettone de doce de leite veio completar a família e tem feito muito sucesso!!

A história do panetone criado para você.

Há muitas lendas sobre a criação do panettone. Uma das mais interessantes diz que um milanês, apaixonado pela filha do seu patrão, criou o pão adocicado para impressionar o pai da mulher amada. Era o jovem padeiro Toni, que trabalhava na Della Grazia, uma famosa padaria de Milão, à época de Ludovico, o Mouro, entre 1452 e 1508 D.C.  Os clientes da casa se encantaram tanto pela iguaria criada pelo jovem apaixonado, que passaram a pedir o “Pani de Toni”, que teria dado origem ao vocábulo milanês “panattón”, em seguida sendo adaptado ao idioma italiano como panettone.

Os criadores dos Chocolates Mendoá, também são muito apaixonados pelo secular “pão doce de Milão”, convidaram Giuliana Cupini, uma chocolatier brasileira, descendente de italianos, para dar aos seus panetones o frescor inconfundível das iguarias e da culinária tropical do Brasil. O resultado é este ritual harmônico de sabores, aromas e texturas, especialmente concebido para o deleite do seu paladar. 

Mendoá: O Panettone Tropical do Brasil

Para dar muito mais sabor às celebrações entre amigos, amores e familiares, criaram os Panettones Tropicais Mendoá.

Com receitas da Chefe de ascendência italiana, Giuliana Cupini, cada versão dessa maravilha tem sabor tradicional do original pão italiano harmonizado com a irreverência das iguarias tropicais brasileiras.

É perfeito para celebrar em rodas de conversas, sorrisos e muito afeto.
Sintonia fina entre os sabores clássico e inusitado, o Panettone Premium do Brasil é um presente da nova gastronomia brasileira para você.

A receita é de composta de muito amor envolvido e pura felicidade para você compartilhar em dias e noites especiais.

Aproveite!

http://www.mendoachocolates.com.br/

Endereços nos quais você poderá encontrar estas delícias:

Salvador – Perini, Almacen Pepe, Nutrimaster, Barreto Empório e Mercado Orgânico, Salvador Shopping.
São Paulo – Mambo, Eataly, St Marche, Santa Luzia, Empório São Paulo, Natural da Terra e Supermercardo Vip.
Rio de Janeiro – Rede Zona Sul.



American Dreamer – biografia de Tommy Hilfiger

Tommy Hilfiger celebrou o lançamento de sua biografia, American Dreamer. Publicada em 1 de novembro de 2016, o livro registra histórias pessoais desde sua infância e formação, até desafios, conquistas e determinação que o levaram a construir a marca global multibilionária.

Convidados que compareceram ao lançamento do livro: Gigi Hadid, Serena Williams, Naomi Campbell, Christie Brinkley, Karolina Kurkova, Alexandra Richards, Ella Richards, Victor Cruz, Alan Cumming, Shiloh Fernandez, Marky Ramone, DJ Cassidy, Mick Rock, Arthur Kulkov, RJ King, Cory Kennedy e mais.

 

Sobre a Tommy Hilfiger

Com um portfólio de marcas que inclui Tommy Hilfiger e Hilfiger Denim, Tommy Hilfiger é uma das marcas de lifestyle mais reconhecidas mundialmente. Seu foco é na alta qualidade de design e produto das linhas sportswear masculina e feminina, masculina Tailored, infantis, coleções denim, underwear, calçados e acessórios. Através de licenciados selecionados, Tommy Hilfiger oferece produtos de lifestyle complementares como óculos de sol, relógios, perfumes, roupas esportivas, meias, pequenos itens de couro, acessórios para casa e malas de viagem. A linha Hilfiger Denim consiste em produtos jeanswear e calçados masculinos e femininos, acessórios e perfumes. Os produtos estão disponíveis no mundo todo na extensiva rede de lojas Tommy Hilfiger, algumas lojas especializadas e de departamento e no site tommy.com.

 

Sobre a PVH

Com uma herança de mais de 130 anos, a PVH Corp. tem se destacado pelo crescimento de marcas e empresas, tornando-se uma das maiores empresas têxteis globais. Tem mais de 30.000 associados operando em mais de 40 países, com mais de US $ 8 bilhões de receita em 2015. É dona e comercializa marcas ícones como Calvin Klein, Tommy Hilfiger, Van Heusen, IZOD, ARROW, entre outras.

 

Tommy Hilfiger no Brasil

Lançada no Brasil em 1998, a Tommy Hilfiger hoje tem mais de 1.000 pontos de venda em lojas multimarcas por todo o país e mais de 33 lojas. A marca no Brasil é operada sob a licença Tommy Hilfiger do Brasil S.A., através da joint-venture entre Tommy Hilfiger e o grupo Inbrands, lançada em 2013. Desde o início da joint-venture, a Tommy Hilfiger do Brasil abriu 18 novas lojas, introduziu a plataforma local de e-commerce e enriqueceu sua oferta de categoria e linhas de produto incluindo o lançamento da Hilfiger Collection, Tommy Hilfiger Tailored e a colaboração especial Salinas For Tommy Hilfiger.

 bisou bisou,

Vivi



Entenda o que é o jejum intermitente

Método que ficou conhecido por emagrecer famosos é polêmico. No jejum, o paciente pode ficar até 23 horas seguidas sem comer

O jejum intermitente alcançou fama depois de a atriz Deborah Secco declarar que recuperou, em apenas um mês, a boa forma após a gravidez utilizando o método. A dieta é polêmica, já que o paciente pode ficar até 23 horas seguidas sem comer. A nutricionista Gabriella Alves, da Corpometria, esclarece as principais dúvidas sobre a dieta. Segundo a profissional, é importante lembrar que o jejum requer acompanhamento médico e é recomendado apenas para quem possui dieta saudável e baixa em carboidratos.

Gabriela confirma que é frequente a busca por informações relacionadas ao método nos consultórios e alerta para a importância de um respaldo de um nutricionista. “Cada paciente deve ser analisado em sua individualidade. O jejum deve ser direcionado baseado nas atividades do paciente”, destaca a nutricionista que tem o jejum intermitente como tema na dissertação de mestrado em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília (UnB).

 

Mitos e verdades

Mitos

1) Causa redução de massa muscular

2) Não é permitido consumir água durante o jejum

3) As taxas de colesterol pioram

 

Verdades

1) Promove emagrecimento (perca de gordura)

2) Previne doenças como diabetes e hipertensão

3) Melhora disposição e ânimo

 

O que é o Jejum intermitente? É considerado uma dieta?

Jejum intermitente é uma conduta alimentar (sim, pode ser considerado um tipo de dieta) que se baseia em reduzir o período de alimentação durante o dia, deixando o indivíduo no mínimo 12 horas em jejum.

Como o jejum intermitente funciona?

A prática consiste em ficar ao menos 12 horas sem ingestão de alimento, podendo se expandir para 23 horas.

Como os objetivos finais, a faixa etária e a rotina dos pacientes podem influenciar no processo?

O objetivo final, a faixa etária, as experiências prévias e a rotina dos pacientes são pontos fundamentais para a aplicação desse protocolo. Normalmente se encaixa em qualquer rotina e, por ser uma forma diferente de emagrecimento, é bem recebido pelos pacientes, mas deve-se ter atenção com a idade e demais necessidades nutricionais.

A prática de atividades físicas sofre alguma restrição quando a pessoa está inserida no jejum?

O jejum deve ser direcionado baseado nas atividades do paciente. Nenhuma atividade física necessita ser reduzida ou suspensa, mas é importante planejar a dieta de forma que forneça os nutrientes necessários a essa prática

A dieta pode trazer danos à saúde? É considerada uma forma saudável de perder de peso?

Ela promove benefícios como prevenção de doenças como diabetes, hipertensão e câncer, além da redução do colesterol e triglicerídeos. É uma excelente forma de reduzir massa corporal para pessoas com excesso de peso.

Para quais pacientes são indicados para esta dieta? Quais as contra indicações?

A maior indicação do jejum é para pessoas que visam emagrecimento, ou seja, quem está com a massa corporal total maior que a desejado. Porém, deve-se ter cautela ao utilizá-la em pacientes com algum problema de saúde e não deve ser aplicada em crianças, adolescentes, idosos e gestantes.

 BISOU BISOU
Vivi



Boeuf bourguignon da Julia Child

O filme Julie & Julia, lançado em 2009, é uma comédia dramática que toda amante da cozinha adora. A história relata os primórdios da vida da famosa chef de cozinha, Julia Child, em contraste com a vida da jovem Julie Powell, que se desafia a cozinhar todas as 524 receitas do livro de Julia em um ano. Foi uma delícia assistir ao filme.

A intenção de Julia Child é popularizar a comida francesa nos Estados Unidos. Em uma cena icônica do filme, que mostra Julia ainda jovem, em preto e branco, ela ensina o passo a passo de uma de suas receitas mais conhecidas: o boeuf bourguignon.

Receita de Boeuf Bourguignon
Ingredientes
  • 500 g de fraldinha bovina em cubos pequenos
  • 400 ml de vinho tinto seco
  • 50 g de bacon picado
  • 100 g de champignon fresco
  • 50 g de farinha de trigo
  • 30 ml de azeite
  • 8 cebolas pequenas
  • 2 dentes de alho
  • tomilho a gosto
  • 20 g de manteiga
Preparo
  1. Frite o bacon no azeite e reserve.
  2. Doure a carne na mesma gordura e reserve.
  3. Refogue as cebolas inteiras e o alho, retire da panela e reserve.
  4. Retorne a carne para a panela junto com a cebola, o alho e o bacon. Adicione o vinho.
  5. Tampe e deixe cozinhar por uma hora.
  6. Derreta a manteiga em uma frigideira e refogue o champignon.
  7. Acrescente o champignon à carne e deixe cozinhar destampado por mais meia hora.
  8. Quando a carne estiver macia, adicione o tomilho e engrosse o caldo com a farinha de trigo diluída em água.
  9. Sirva com arroz ou pão italiano.

Fonte: Internet Net Virtua

bisou bisou,

Vivi



Azeite: OITO marcas são reprovadas em avaliação da Proteste

Os benefícios do azeite extravirgem para a saúde e dieta são inúmeros. Por isso, ele virou figurinha carimbada no cardápio de quem segue um estilo de vida saudável. Mas, de acordo com a Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor – antes temperar a sua salada, você deve tomar cuidado com os produtos que está comprando. Depois de analisar vinte marcas de azeite, oito foram reprovadas. Destas oito, quatro estavam adulteradas com outros óleos vegetais e quatro não eram realmente extravirgem.

Os produtos que não podem ser considerado azeites são Pramesa, Figueira da Foz, Tradição e Quinta d’Aldeia. Eles foram eliminados do teste após a análise em laboratório comprovar modificação na composição. Isso significa que foram adicionados ao azeite outros óleos vegetais, o que não é permitido por lei. Na prática, ao comprar esse produto você não está recebendo os benefícios que o verdadeiro extravirgem oferece.

ISSO SIGNIFICA QUE ESSES AZEITES NÃO TINHAM APENAS A GORDURA PROVENIENTE DA AZEITONA – O QUE OS CLASSIFICA COMO EXTRAVIRGENS – E COLOCA EM RISCO UMA DAS PROPRIEDADES PRIMORDIAIS DO AZEITE: FAVORECER A SAÚDE.

 Além disso, quatro marcas não podem ser classificadas como extravirgem. São elas: Qualitá, Beirão, Carrefour Discount, Filippo Berio
Isso significa que, na hora da compra, você paga mais caro por um extravirgem, mas leva um produto diferente para casa.
Apesar desses problemas, cinco marcas que haviam sido avaliadas como virgens no teste de 2013, agora apresentam um azeite  de fato extravirgem: La Española, Carbonell, Serrata, Gallo e Borges.
O melhor azeite, segundo a análise, é o da marca Cocinero. Ele foi escolhido pela instituição como O Melhor do Teste e A Escolha Certa. Autêntico azeite extravirgem, o produto apresentou excelente qualidade, além do melhor custo-benefício entre os avaliados,  apesar de sua embalagem de plástico (garrafas de vidro escuro tendem a conservar melhor o alimento).  O produto ainda precisa de adequações no rótulo, uma vez que não informa a data de envase.
OBSERVAÇÕES:

“Todos os azeites de oliva têm como matéria-prima a azeitona. O que os diferencia é o número de etapas de refinamento pelas quais passam. Isso altera a acidez do óleo, ou seja, a qualidade. Quanto menor for seu índice de acidez mais benefícios ele terá”, explica Daísa Mara Pinhal, nutricionista do Oba Hortifruti, em São Paulo.

Dos três tipos, o que tem menor acidez (até 1%) é o extravirgem, por isso, aposte nele! Esse óleo possui substâncias que combatem o colesterol ruim. Também impede o depósito de gordura abdominal, afinando a cintura e afastando o risco de doenças cardíacas e diabetes. Só não pode abusar na quantidade, pois uma colher de sopa contém cerca de 108 calorias! O ideal é consumir duas colheres de sopa por dia: uma no almoço e outra no jantar.

E como deve ser usado? É recomendável utilizá-lo em pratos que não vão ao fogo, como, saladas, pães, queijos e outros petiscos. Se aquecido, esse óleo pode perder suas propriedades benéficas.

“Já para pratos quentes, como carnes, o azeite virgem é a melhor opção. Mesmo sendo um pouco mais ácido que o extra (até 2%), ao ser aquecido, seu aroma é ressaltado e seu sabor é mais adocicado”, afirma a especialista.

E o tipo refinado? Melhor usá-lo em frituras. Ele tem mais de 2% de acidez; porém, ainda assim, é mais saudável que o óleo tradicional de soja, por exemplo. Mas cá entre nós, o melhor mesmo é não consumir frituras, não é? Assim você manterá uma vida mais saudável.

Resumindo:

O extravirgem é obtido na primeira moagem das olivas. O virgem, na segunda ou terceira moagem
QUANTO MENOS ÁCIDO MELHOR. O extravirgem tem teor de acidez de até 1%, o virgem entre 1,1 e 2%. Se a acidez é maior que 3,3% ele é impróprio para consumo e tem que ser refinado. Obs: Acidez aqui se mede pela concentração de ácido oleico.

Fonte: Abril (http://goo.gl/cH3Hor)

Azeite extravirgem na prevenção de muitas doenças

Previne o aparecimento das doenças cardiovasculares, diminuindo os níveis de colesterol LDL (mau colesterol); os níveis de colesterol HDL (bom colesterol) aumentam e os níveis de triglicéridos diminuem.

Melhora o funcionamento do aparelho digestivo; reduz a acidez gástrica, tendo portanto, uma ação protetora contra úlceras e gastrites; é a gordura melhor tolerada pelo estômago.

Previne a obstipação (prisão de ventre) quando é tomado em cru e em jejum.

Exerce um efeito protetor e tónico sobre a epiderme.

Melhora as funções metabólicas e cerebrais, devido a que os ácidos gordos favorecem a formação de membranas celulares, e a formação de tecido cerebral.

Reduz a deterioração dos tecidos graças ao seu alto teor em antioxidantes (compostos fenólicos e vitamina E), diminuindo o envelhecimento prematuro.

Favorece a absorção de cálcio estimulando, assim, o crescimento ósseo.

Melhora a esperança e qualidade de vida em geral

 

Como escolher um bom azeite de oliva?

Os relevantes critérios que devem realmente ser levados em consideração na hora de escolher no supermercado um azeite de oliva de boa qualidade são: a embalagem, a data de validade, aprocedência, a origem, a conservação e por último a acidez.

– Embalagem: a considerável importância da embalagem do azeite é justificada pelos inimigos do azeite que são: o ar, a luz, a umidade e o calor. A exposição a luz e ao ar é um fator prejudicial a qualidade do produto, e por isso deve-se dar preferência as garrafas de vidro escuro. Evite garrafas com rolhas de cortiça, pois podem permitir a entrada de ar. As latas, que foram substituídas nos últimos anos, nem sempre possuem uma boa vedação.

O contato de uma substancia gordurosa com o ar leva ao ranço, uma alteração no sabor que se torna amargo, e no odor que fica forte. E com o objetivo de manter a qualidade do azeite, sempre escolha uma garrafa escura e que não esteja exposta a forte luminosidade, já que a luz também acelera a oxidação do produto.

– Data de validade: quanto mais novo um azeite melhor, por ser tratar de um produto feito de um ingrediente fresco. Um azeite novo terá as melhores propriedades da azeitona conservadas.

– Procedência e origem: muito azeites são produzidos em um local e embalados em outro. Na embalagem é obrigatório conter essa informação. Tenha a curiosidade e a atenção de verificar de onde vem o azeite que está comprando. Os principais países da União Europeia (UE), produtores de azeites, desenvolveram legislações que atestam a origem geográfica do produto e utilizam em seus rótulos a nomenclatura “DOP” – Denominazione di Origine Protetta. Portanto, os azeites que possuem “DOP” são um bom indicativo na hora de escolher o produto.

– Conservação no ponto de venda e em casa: como dito acima, a luz e o calor são grandes inimigos do azeite, que influenciam negativamente na sua qualidade. Uma vez expostos em um local com muita luminosidade e quente, saiba que o azeite não será mas o mesmo.  Em casa, após aberta a garrafa, devemos consumi-la em até 20 dias para preservarmos assim os aromas e sabores do azeite.

– Acidez: de uma maneira errada ela é levada em consideração como um fator isolado determinante na qualidade do azeite. É importante compreender que essa porcentagem de acidez do azeite não tem nenhuma relação com a acidez de um limão ou de qualquer outro cítrico ou é sinônimo de azeite suave. É o fator de menor importância na escolha de um azeite, e apenas em um cenário onde temos dois azeites extra virgem, com as mesmas características, a acidez poderá ser um fator de decisão.

Qual a coloração ideal?

Ser mais brilhante ou mais amarelo não significa que o azeite é melhor. A cor não determina a qualidade do azeite! Ele pode ser amarelo claro, dourado, amarelo esverdeado ou verde. A única diferença é que foram produzidos com azeitonas mais verdes ou maduras ou de diferentes espécies.

Os azeites podem ser ainda turvos ou transparentes sem que isso indique diferenças de qualidade. O fator cor é tão irrelevante que nas degustações os copos são opacos, para que o avaliador não seja influenciado pelo aspecto estético. A única cor que influencia é a da embalagem. As piores garrafas são as transparentes, porque a luz oxida os óleos.

Cozinhar com azeite faz mal?

Não, se um simples cuidado for tomado. O azeite de oliva só perde suas propriedades benéficas e se transforma em gordura saturada ao atingir temperaturas superiores a 170ºC.  Isso é facilmente percebido durante o cozimento. O chamado ponto de saturação do azeite ocorre quando ele começa a soltar fumaça. E o mesmo acontece com qualquer óleo vegetal superaquecido. O óleo de soja, por exemplo, começa a soltar fumaça a partir dos 210º C. Não há porque acreditar que azeite seja pior à saúde do que outra gordura superaquecida.

Esse post contou com a colaboração da Azeitóloga Ana Paula Beloto.

Referências bibliográficas: Associação Brasileira de produtores, importadores e comerciantes de Azeite de Oliveira, International Olive Council, Azeites de Espanha.

Fontes: http://www.sofisticado.com.br/

bisou bisou,

Vivi



Filme MILAGRES DO PARAÍSO

Assisti ao filme “Milagres do Paraíso” e me emocionei com a história que inspirou o roteiro do filme.

A trama tem o seu roteiro adaptado do livro “Three Miracles From Heaven“, escrito por Christy Beam, onde ela conta o acontecimento que mudou a vida da sua família.

Com apenas 12 anos Anna Beam levava a sua vida entre idas e vindas a hospitais, para tratar um distúrbio digestivos diagnosticado aos seus 5 anos de idade, como incurável, uma doença que fazia com que seus músculos intestinais não funcionassem. Mas um acidente mudou a sua vida para sempre.

Anna brincava no quintal de casa com suas duas irmãs, quando ela caiu em um tronco oco de uma árvore, em uma queda de 10 metros. O resgate da garotinha foi extremamente complicado e levou cerca de 5 horas, e devido a gravidade da queda ela foi removida de helicóptero já inconsciente para o hospital Cook Children’s, na cidade de Fort Worth, no estado do Texas, Estados Unidos.

Quando as tragédias na vida de Anna e de sua família só pareciam aumentar, a jovem acordou sem sofrer nenhum dano decorrente da queda, e nos dias seguintes ela contou as seus pais o que viu enquanto estava inconsciente:

“Eu fui ao céu quando estava dentro da árvore. Eu vi o céu, e vi minha Mimi que morreu, por isso sabia que estava no céu. Eu vi Jesus e sentei em seu colo”, disse a garotinha.

Christy ficou preocupada com a história da filha e a levou para realizar novos exames, temendo por algum tipo de dano cerebral, e foi surpreendida por um milagre. A doença incurável de Anna havia simplesmente sumido. Ainda no hospital a jovem começou a comer alimentos sólidos pela primeira vez, e a jovem disse que já sabia que estava curada:

“Acredito que estou curada porque quando fui para o céu perguntei a Jesus se eu poderia ficar com ele e ele disse: Não Annabel, eu tenho planos para você na Terra”, afirmou a menininha.

A família Beam será interpretada por Jennifer Garner, Kylie Rogers, Martin Henderson e Brighton Sharbino, confira os personagens reais e seus interpretes.

Sobre a autora do livro em que o longa foi baseado: Christy Wilson Beam tem 42 anos e, antes de ser escritora, é esposa e mãe dedicada. Ela e o marido, Kevin, são os pais de Abigail, 15, Annabel, 13, e Adelynn, 11. A família vive em Burleson, Texas (EUA). Apesar de ter se formado em Educação, o que levou Christy a escrever seu primeiro livro foi a maravilhosa experiência de Annabel que, tendo problemas crônicos de saúde desde os 4 anos, foi completamente curada aos 9 anos após sofrer um acidente e ter uma experiência real no paraíso. Em 2013, Christy registrou essa história nas páginas do livro Milagres do Paraíso. A decisão de escrever o livro, porém, não foi dela. Christy conta que ouviu Deus lhe dizer para relatar o fato, ao que ela pensou: “Ah, Deus, que engraçado o Senhor achar que eu posso escrever um livro”. Porém, assim que Christy compreendeu a importância do assunto, arrumou um notebook e logo as palavras começaram a fluir. Ao recontar a experiência de sua família, Christy espera que os leitores sejam encorajados a crer que Deus é fiel em todo momento, e que sua constante fidelidade é, em si, um milagre.

Recomendo o filme! Esta incrível história nos mostra o quanto podemos crer no impossível quando caminhamos com Deus e colocamos nossa fé e esperança Nele, que é especialista em fazer o extraordinário acontecer na vida de quem Nele crê!

bisou bisou,

Vivi



Página 1 de 1212345678910...Última »