» Categoria: Dicas

Cartão de Natal – scrapbook – magnólia stamps

Este foi o primeiro cartão de Natal que fiz este ano. Usei furadores circulares e de árvore de Natal da Toke e Crie e papéis importados.  Os carimbos Magnólia são minha paixão. Amo demais fazer cartões, principalmente os de Natal.

Em meu Instagran coloco vários vídeos dos meus trabalhos manuais:

@vivianedelrey

bisou bisou,

Viviane



Nestlé® lança Panettone Chandelle®

Nestlé®, empresa líder em Nutrição, Saúde e Bem-estar, apresenta sua linha de Panettones renovada para o Natal 2016. O portfólio – que inclui sucessos exclusivos da empresa, como Alpino®, Moça® e Prestígio®, além do tradicional Classic® - será complementado este ano pelo lançamento do Panettone de Chandelle®. Favorita de grande parte dos consumidores, a marca manterá sua cremosidade característica na nova versão, garantindo a deliciosa experiência que os fãs de Chandelle® já têm ao degustar a sobremesa.

 

Além do lançamento, hits do ano passado, como a linha de Panettones Gateau, retornarão ainda melhores neste Natal, reforçando a posição da Nestlé como pioneira no segmento e como referência entre os super recheados. Com 50% mais recheio, os produtos foram desenvolvidos especialmente para derreterem ao serem aquecidos e vêm nos sabores Alpino® Gateau e Moça® Gateau. Podendo ser preparados em fatias ou inteiros, os gateaus viram sobremesas perfeitas em menos de um minuto.

Os Panettones recheados exclusivos de Alpino®, Moça® e Prestígio® completam a linha com ainda mais consistência e sabor neste ano. Os amantes de coco se deliciarão com o novo recheio de Prestígio, mais cremoso e saboroso do que nunca, enquanto quem prefere Panettones apenas com gotas poderá desfrutar do Classic® e sua massa fofinha repleta de pingos de chocolate ao leite. Ideais para presentear ou compartilhar entre família e amigos, as novidades chegam às principais redes varejistas de todo o país a partir de setembro deste ano. 

Panettone Chandelle® – 550g

Com a inconfundível cremosidade que os fãs tanto gostam na sobremesa, o Panettone Chandelle® é uma novidade que certamente agradará com sua consistência e sabor deliciosos. Preço médio sugerido:

R$ 23,99

Panettone Alpino® Gateau e Panettone Moça® Gateau – 550g

Com 50% mais recheio e fórmula exclusiva, desenvolvida especialmente para derreter ao ser aquecido, os Panettones Alpino® Gateau e Moça® Gateau podem ser consumidos em fatias ou inteiros. São perfeitos para compor sobremesas. Preço médio sugerido: R$ 27,49

Panettones Recheados Alpino®, Moça® e Prestígio® – 500g

Linha composta por sabores exclusivos da Nestlé®, os panettones recheados possuem consistência e sabor deliciosos. Ótimos para consumo em família ou com amigos, devem fazer sucesso durante o período de festas. Preço médio sugerido: R$ 23,99


Panettone Classic® – 400g

Clássico panettone Nestlé®, com deliciosas gotas de chocolate ao leite. Perfeito para aproveitar ao máximo a época de festas. Preço médio sugerido: R$ 17,49

 

Sobre a Nestlé – É a maior empresa mundial de nutrição, saúde e bem-estar, com operações industriais em 83 países e marcas mundialmente consagradas. No Brasil, instalou a primeira fábrica em 1921, na cidade paulista de Araras, para a produção do leite condensado Milkmaid, que mais tarde seria conhecido como Leite Moça por milhões de consumidores. A atuação da Nestlé Brasil abrange segmentos de mercado achocolatados, biscoitos, cafés, cereais, cereais matinais, águas, chocolates, culinários, lácteos, refrigerados, sorvetes, nutrição infantil (fórmulas infantis, cereais infantis e papinhas prontas para o consumo), nutrição clínica, produtos à base de soja, alimentos para animais de estimação e serviços para empresas e profissionais da área de alimentação fora do lar. Atualmente, a rede de distribuição dos produtos cobre mais de 1.600 municípios dos mais diversos tamanhos. A Nestlé Brasil e suas empresas coligadas estão presentes em 99% dos lares brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel. A empresa tem 31 unidades industriais, localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Emprega mais de 21 mil colaboradores diretos e gera outros 220 mil empregos indiretos, que colaboram na fabricação, comercialização e distribuição de mais de 1.000 itens.

Quanta gostosura!

bisou bisou,

Vivi

 

 



NICK VUJICIC NO BRASIL

Nick é um palestrante motivacional internacional e diretor da Life Without Limbs. Nicholas James Vujicic nasceu (Nick Vujicic) em Melbourne, em 4 de dezembro de 1982. Nick viveu uma vida de privações e dificuldades ao longo de sua infância, pois nasceu saudávelmas sem membros, faltando os dois braços na altura dos ombros, e sem pernas, mas com dois pés pequenos, um dos quais com dois dedos, devido à síndrome Tetra-amelia.

Superação

Devido à uma lei do estado de Victoria (Austrália), ele foi proibido de frequentar uma escola regular por causa de sua deficiência física, mesmo não tendo deficiência mental. Durante a sua escolaridade, as leis foram mudadas, e Vujicic foi um dos primeiros estudantes deficientes físicos a ser integrado numa escola regular. Ele aprendeu a escrever usando os dois dedos do pé esquerdo, e um dispositivo especial que deslizava sobre o dedão do pé que ele usa para agarrar. Ele também aprendeu a usar computador, jogar bolas de tênis, pentear o cabelo, escovar os dentes, atender o telefone, fazer a barba e obter um copo de água.

Depois de implorar a Deus para crescer os braços e pernas, Nick finalmente começou a perceber que suas realizações foram inspiradoras para muitas pessoas e começou a agradecer por estar vivo. A grande mudança em sua vida foi quando sua mãe lhe mostrou um artigo de jornal sobre um homem lidando com uma grave deficiência. Isso o levou a perceber que ele não era o único que lidava com grandes problemas. Quando ele tinha dezessete anos, ele começou a dar palestras em seu grupo de oração, e então começou a sua própria organização sem fins lucrativos, chamada Life Without Limbs (em português: Vida sem Membros).

Nick se formou na universidade com 21 anos de idade com uma dois diplomas: Contabilidade e Planejamento Financeiro. Atualmente, viaja o mundo como palestrante motivacional sobre vários assuntos tais como a deficiência, a esperança e o sentido da vida, já tendo impactado diretamente mais de três milhões de pessoas  em mais de 24 países.

Em Dezembro de 2016, Nick estará no Brasil

Nick tem viajado por todo o mundo, compartilhando sua história com milhões de pessoas, falando para diversos grupos, como empresários, profissionais liberais, professores, estudantes, jovens e até crianças. Sua última vinda foi em 2013, em Belo Horizonte, quando milhares de pessoas tiveram a oportunidade de recebê-lo pela primeira vez no Brasil. Você não vai esperar mais 3 anos para este evento gigante, né?

Os líderes dos próximos anos estão sendo formados hoje. É uma excelente oportunidade para aprender e ensinar para os nossos filhos, mais sobre humildadevalores e superação.

Pessoas portadoras de necessidades especiais tem espaço exclusivo reservado no evento. Sobre o idioma, fique tranquilo, haverá tradução simultânea para o Português.

Os ingressos já estão à venda neste site:

https://www.experienciadesucesso.com.vc/

bisou bisou,

Vivi

 



Panettones diferenciados Mendoá para o Natal de 2016

Se você está buscando novos sabores de panettone, a Mendoá (da qual já fiz posts aqui para vocês) preparou delícias inusitadas para o Natal 2016. Fruto de uma parceria entre a marca e a chef chocolatier brasileira Giuliana Cupini, os Panettones, que estarão à venda em todo o Brasil para o Natal de 2016, têm três sabores diferentes: brigadeiro, cupuaçu e doce de leite com cumaru (uma semente típica da Amazônia). A Mendoá se diferencia por trabalhar exclusivamente com produtos nacionais e de origem.

Os Panettones possuem massa delicadamente umedecida, frutas secas e cobertura de chocolate.

O de cupuaçu é uma verdadeira surpresa já que a fruta vem do nosso querido Nordeste e envolve brigadeiro e cobertura de castanha-do-pará e caramelo. Um mix de aromas e sabores com um toque crocante harmonioso.

Já o de Brigadeiro, uma tradição brasileira, é recheado com leite condensado e chocolate premium 70% de cacau Mendoá, e coberto com chocolate.

O Panettone de doce de leite veio completar a família e tem feito muito sucesso!!

A história do panetone criado para você.

Há muitas lendas sobre a criação do panettone. Uma das mais interessantes diz que um milanês, apaixonado pela filha do seu patrão, criou o pão adocicado para impressionar o pai da mulher amada. Era o jovem padeiro Toni, que trabalhava na Della Grazia, uma famosa padaria de Milão, à época de Ludovico, o Mouro, entre 1452 e 1508 D.C.  Os clientes da casa se encantaram tanto pela iguaria criada pelo jovem apaixonado, que passaram a pedir o “Pani de Toni”, que teria dado origem ao vocábulo milanês “panattón”, em seguida sendo adaptado ao idioma italiano como panettone.

Os criadores dos Chocolates Mendoá, também são muito apaixonados pelo secular “pão doce de Milão”, convidaram Giuliana Cupini, uma chocolatier brasileira, descendente de italianos, para dar aos seus panetones o frescor inconfundível das iguarias e da culinária tropical do Brasil. O resultado é este ritual harmônico de sabores, aromas e texturas, especialmente concebido para o deleite do seu paladar. 

Mendoá: O Panettone Tropical do Brasil

Para dar muito mais sabor às celebrações entre amigos, amores e familiares, criaram os Panettones Tropicais Mendoá.

Com receitas da Chefe de ascendência italiana, Giuliana Cupini, cada versão dessa maravilha tem sabor tradicional do original pão italiano harmonizado com a irreverência das iguarias tropicais brasileiras.

É perfeito para celebrar em rodas de conversas, sorrisos e muito afeto.
Sintonia fina entre os sabores clássico e inusitado, o Panettone Premium do Brasil é um presente da nova gastronomia brasileira para você.

A receita é de composta de muito amor envolvido e pura felicidade para você compartilhar em dias e noites especiais.

Aproveite!

http://www.mendoachocolates.com.br/

Endereços nos quais você poderá encontrar estas delícias:

Salvador – Perini, Almacen Pepe, Nutrimaster, Barreto Empório e Mercado Orgânico, Salvador Shopping.
São Paulo – Mambo, Eataly, St Marche, Santa Luzia, Empório São Paulo, Natural da Terra e Supermercardo Vip.
Rio de Janeiro – Rede Zona Sul.



Panettones da Cacau Show para o Natal de 2016

Vamos conhecer os panettones da Cacau Show para o Natal de 2016:

Panettone Recheado Sabor Brigadeiro 700g: feito com gotas de chocolate em uma massa fofa, com recheio cremoso sabor brigadeiro e cobertura de chocolate ao leite, em uma embalagem sofisticada, ideal para presentear, a partir de R$ 54,90.

Panettone Recheado Sabor Mousse de Chocolate 700g: feito com massa tradicional, fofa e saborosa, com gotas de chocolate, recheio sabor mousse de chocolate e cobertura de chocolate ao leite, a partir de R$ 54,90.

 

Panettone Receita Belga 700g: panettone feito com receita exclusiva com frutas cristalizadas, uvas passas e especiarias, recheado com delicioso doce de leite e coberto com chocolate ao leite e decorado com chocolate branco, a partir de R$ 45,90.

Difícil escolher! Fico com os três.

bisou bisou,

Vivi



Máscaras caseiras

Se você já come muita fruta, se prepare para encher ainda mais o carrinho do supermercado: as máscaras caseiras, aposta frequente de quem prefere não passar perto de farmácias e lojas de manipulação de cremes, nutrem, refrescam e revitalizam a pele.

“É aconselhável aplicar a máscara de frutas no rosto durante a noite”, orienta a naturopata Thais Sampaio, alertando para o fato de que é indicado evitar que a acidez natural da fruta entre em contato com o sol e acabe prejudicando a pele.

Abaixo, confira receitas caseiras de máscaras para aplicar à noite (e evitar que a acidez natural das frutas prejudique a sua pele com sol!):

Máscara de abacate
Descasque e corte o abacate em pedaços. Amasse e misture com soro fisiológico até formar um creme homogêneo. Aplique no rosto e deixe agir por 20 minutos. Enxágüe com água morna. Indicada para pele seca.

Máscara de maçã
Rale meia maçã gelada e misture com uma colher de farinha de trigo e duas colheres de sopa de leite. Misture, aplique e deixe agir por 20 minutos. Em seguida, enxágüe com água mineral. Indicada para peles mistas.

Máscara de mamão (auxilia no combate à acne), mel e aveia
Misture em um bowl: uma colher da polpa de mamão, uma colher de sopa de iogurte e uma colher de sobremesa de aveia em flocos. A mistura deve ficar bem homogênea, logo após a aplicação deve-se retirar a pasta com bastante água. Deve-se aplicar duas vezes por semana por 20 minutos. Indicada para revitalização, devolvendo o aspecto saudável da pele.

Máscara de kiwi e argila verde
Descasque com o kiwi e faça um purê. Em seguida, adicione duas colheres de sopa de água mineral e argila verde. Mexa bem e, em seguida, espalhe no rosto com movimentos circulares. Deixe a máscara agir por 10 minutos e em seguida remova suavemente. Ideal para eliminar impurezas e diminuir a oleosidade. Muito utilizada para quem quer livrar a pele da maquiagem excessiva.

Máscada de morango, mel e Iogurte
Amasse três morangos grandes, acrescente uma colher de sopa de mel e uma de iogurte. O morango ajuda a reduzir a perda de água do organismo e a manter a pele hidratada e saudável. O iogurte contém altos níveis de acido lático que são benéficos para a pele.

Máscara calmante
Faça um chá de erva doce (não vale sachê!), descarte as sementes. Em uma vasilha misture uma colher do chá de erva doce e uma colher de iogurte. Fique até 20 minutos com a máscara. A erva doce possui propriedades antiinflamatórias.

Máscara nutritiva
Uma colher de polpa de açaí, uma colher de abacate (pessoas com pele oleosa podem substituir por iogurte natural), um morango médio e uma colher de sopa de mel. Com ajuda de uma garfo, amasse a polpa do açaí, o morango e o abacate, aplique a máscara em toda a face e deixe agir por 20 minutos. Esse procedimento pode ser feito uma vez por semana. Aproveitamos o poder nutritivo do açaí, o potencializamos com o abacate – que é rico em vitaminas -, e para finalizar, o morango com o efeito antioxidante.

Máscara revitalizante
Duas colheres de pêssego bem maduro, uma colher de aveia e uma colher de mel. O pêssego é rico nas vitaminas A, C e potássio e auxilia na revitalização de peles cansadas.

Máscara hidratante
Em um recipiente, basta separar meia banana prata, amassar bem a fruta com o garfo  e misturar o mel. Em seguida, a máscara deverá ser aplicada no rosto limpo e aguardar 20 minutos.

Máscara de babosa
Deixar a babosa 10 minutos na pele e enxaguar. Fazer quatro aplicações por mês , seu efeito é bactericida, indicado para coceiras, renovadora da células .

Fonte: Revista Vogue

bisou bisou,

Vivi



Boeuf bourguignon da Julia Child

O filme Julie & Julia, lançado em 2009, é uma comédia dramática que toda amante da cozinha adora. A história relata os primórdios da vida da famosa chef de cozinha, Julia Child, em contraste com a vida da jovem Julie Powell, que se desafia a cozinhar todas as 524 receitas do livro de Julia em um ano. Foi uma delícia assistir ao filme.

A intenção de Julia Child é popularizar a comida francesa nos Estados Unidos. Em uma cena icônica do filme, que mostra Julia ainda jovem, em preto e branco, ela ensina o passo a passo de uma de suas receitas mais conhecidas: o boeuf bourguignon.

Receita de Boeuf Bourguignon
Ingredientes
  • 500 g de fraldinha bovina em cubos pequenos
  • 400 ml de vinho tinto seco
  • 50 g de bacon picado
  • 100 g de champignon fresco
  • 50 g de farinha de trigo
  • 30 ml de azeite
  • 8 cebolas pequenas
  • 2 dentes de alho
  • tomilho a gosto
  • 20 g de manteiga
Preparo
  1. Frite o bacon no azeite e reserve.
  2. Doure a carne na mesma gordura e reserve.
  3. Refogue as cebolas inteiras e o alho, retire da panela e reserve.
  4. Retorne a carne para a panela junto com a cebola, o alho e o bacon. Adicione o vinho.
  5. Tampe e deixe cozinhar por uma hora.
  6. Derreta a manteiga em uma frigideira e refogue o champignon.
  7. Acrescente o champignon à carne e deixe cozinhar destampado por mais meia hora.
  8. Quando a carne estiver macia, adicione o tomilho e engrosse o caldo com a farinha de trigo diluída em água.
  9. Sirva com arroz ou pão italiano.

Fonte: Internet Net Virtua

bisou bisou,

Vivi



Azeite: OITO marcas são reprovadas em avaliação da Proteste

Os benefícios do azeite extravirgem para a saúde e dieta são inúmeros. Por isso, ele virou figurinha carimbada no cardápio de quem segue um estilo de vida saudável. Mas, de acordo com a Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor – antes temperar a sua salada, você deve tomar cuidado com os produtos que está comprando. Depois de analisar vinte marcas de azeite, oito foram reprovadas. Destas oito, quatro estavam adulteradas com outros óleos vegetais e quatro não eram realmente extravirgem.

Os produtos que não podem ser considerado azeites são Pramesa, Figueira da Foz, Tradição e Quinta d’Aldeia. Eles foram eliminados do teste após a análise em laboratório comprovar modificação na composição. Isso significa que foram adicionados ao azeite outros óleos vegetais, o que não é permitido por lei. Na prática, ao comprar esse produto você não está recebendo os benefícios que o verdadeiro extravirgem oferece.

ISSO SIGNIFICA QUE ESSES AZEITES NÃO TINHAM APENAS A GORDURA PROVENIENTE DA AZEITONA – O QUE OS CLASSIFICA COMO EXTRAVIRGENS – E COLOCA EM RISCO UMA DAS PROPRIEDADES PRIMORDIAIS DO AZEITE: FAVORECER A SAÚDE.

 Além disso, quatro marcas não podem ser classificadas como extravirgem. São elas: Qualitá, Beirão, Carrefour Discount, Filippo Berio
Isso significa que, na hora da compra, você paga mais caro por um extravirgem, mas leva um produto diferente para casa.
Apesar desses problemas, cinco marcas que haviam sido avaliadas como virgens no teste de 2013, agora apresentam um azeite  de fato extravirgem: La Española, Carbonell, Serrata, Gallo e Borges.
O melhor azeite, segundo a análise, é o da marca Cocinero. Ele foi escolhido pela instituição como O Melhor do Teste e A Escolha Certa. Autêntico azeite extravirgem, o produto apresentou excelente qualidade, além do melhor custo-benefício entre os avaliados,  apesar de sua embalagem de plástico (garrafas de vidro escuro tendem a conservar melhor o alimento).  O produto ainda precisa de adequações no rótulo, uma vez que não informa a data de envase.
OBSERVAÇÕES:

“Todos os azeites de oliva têm como matéria-prima a azeitona. O que os diferencia é o número de etapas de refinamento pelas quais passam. Isso altera a acidez do óleo, ou seja, a qualidade. Quanto menor for seu índice de acidez mais benefícios ele terá”, explica Daísa Mara Pinhal, nutricionista do Oba Hortifruti, em São Paulo.

Dos três tipos, o que tem menor acidez (até 1%) é o extravirgem, por isso, aposte nele! Esse óleo possui substâncias que combatem o colesterol ruim. Também impede o depósito de gordura abdominal, afinando a cintura e afastando o risco de doenças cardíacas e diabetes. Só não pode abusar na quantidade, pois uma colher de sopa contém cerca de 108 calorias! O ideal é consumir duas colheres de sopa por dia: uma no almoço e outra no jantar.

E como deve ser usado? É recomendável utilizá-lo em pratos que não vão ao fogo, como, saladas, pães, queijos e outros petiscos. Se aquecido, esse óleo pode perder suas propriedades benéficas.

“Já para pratos quentes, como carnes, o azeite virgem é a melhor opção. Mesmo sendo um pouco mais ácido que o extra (até 2%), ao ser aquecido, seu aroma é ressaltado e seu sabor é mais adocicado”, afirma a especialista.

E o tipo refinado? Melhor usá-lo em frituras. Ele tem mais de 2% de acidez; porém, ainda assim, é mais saudável que o óleo tradicional de soja, por exemplo. Mas cá entre nós, o melhor mesmo é não consumir frituras, não é? Assim você manterá uma vida mais saudável.

Resumindo:

O extravirgem é obtido na primeira moagem das olivas. O virgem, na segunda ou terceira moagem
QUANTO MENOS ÁCIDO MELHOR. O extravirgem tem teor de acidez de até 1%, o virgem entre 1,1 e 2%. Se a acidez é maior que 3,3% ele é impróprio para consumo e tem que ser refinado. Obs: Acidez aqui se mede pela concentração de ácido oleico.

Fonte: Abril (http://goo.gl/cH3Hor)

Azeite extravirgem na prevenção de muitas doenças

Previne o aparecimento das doenças cardiovasculares, diminuindo os níveis de colesterol LDL (mau colesterol); os níveis de colesterol HDL (bom colesterol) aumentam e os níveis de triglicéridos diminuem.

Melhora o funcionamento do aparelho digestivo; reduz a acidez gástrica, tendo portanto, uma ação protetora contra úlceras e gastrites; é a gordura melhor tolerada pelo estômago.

Previne a obstipação (prisão de ventre) quando é tomado em cru e em jejum.

Exerce um efeito protetor e tónico sobre a epiderme.

Melhora as funções metabólicas e cerebrais, devido a que os ácidos gordos favorecem a formação de membranas celulares, e a formação de tecido cerebral.

Reduz a deterioração dos tecidos graças ao seu alto teor em antioxidantes (compostos fenólicos e vitamina E), diminuindo o envelhecimento prematuro.

Favorece a absorção de cálcio estimulando, assim, o crescimento ósseo.

Melhora a esperança e qualidade de vida em geral

 

Como escolher um bom azeite de oliva?

Os relevantes critérios que devem realmente ser levados em consideração na hora de escolher no supermercado um azeite de oliva de boa qualidade são: a embalagem, a data de validade, aprocedência, a origem, a conservação e por último a acidez.

– Embalagem: a considerável importância da embalagem do azeite é justificada pelos inimigos do azeite que são: o ar, a luz, a umidade e o calor. A exposição a luz e ao ar é um fator prejudicial a qualidade do produto, e por isso deve-se dar preferência as garrafas de vidro escuro. Evite garrafas com rolhas de cortiça, pois podem permitir a entrada de ar. As latas, que foram substituídas nos últimos anos, nem sempre possuem uma boa vedação.

O contato de uma substancia gordurosa com o ar leva ao ranço, uma alteração no sabor que se torna amargo, e no odor que fica forte. E com o objetivo de manter a qualidade do azeite, sempre escolha uma garrafa escura e que não esteja exposta a forte luminosidade, já que a luz também acelera a oxidação do produto.

– Data de validade: quanto mais novo um azeite melhor, por ser tratar de um produto feito de um ingrediente fresco. Um azeite novo terá as melhores propriedades da azeitona conservadas.

– Procedência e origem: muito azeites são produzidos em um local e embalados em outro. Na embalagem é obrigatório conter essa informação. Tenha a curiosidade e a atenção de verificar de onde vem o azeite que está comprando. Os principais países da União Europeia (UE), produtores de azeites, desenvolveram legislações que atestam a origem geográfica do produto e utilizam em seus rótulos a nomenclatura “DOP” – Denominazione di Origine Protetta. Portanto, os azeites que possuem “DOP” são um bom indicativo na hora de escolher o produto.

– Conservação no ponto de venda e em casa: como dito acima, a luz e o calor são grandes inimigos do azeite, que influenciam negativamente na sua qualidade. Uma vez expostos em um local com muita luminosidade e quente, saiba que o azeite não será mas o mesmo.  Em casa, após aberta a garrafa, devemos consumi-la em até 20 dias para preservarmos assim os aromas e sabores do azeite.

– Acidez: de uma maneira errada ela é levada em consideração como um fator isolado determinante na qualidade do azeite. É importante compreender que essa porcentagem de acidez do azeite não tem nenhuma relação com a acidez de um limão ou de qualquer outro cítrico ou é sinônimo de azeite suave. É o fator de menor importância na escolha de um azeite, e apenas em um cenário onde temos dois azeites extra virgem, com as mesmas características, a acidez poderá ser um fator de decisão.

Qual a coloração ideal?

Ser mais brilhante ou mais amarelo não significa que o azeite é melhor. A cor não determina a qualidade do azeite! Ele pode ser amarelo claro, dourado, amarelo esverdeado ou verde. A única diferença é que foram produzidos com azeitonas mais verdes ou maduras ou de diferentes espécies.

Os azeites podem ser ainda turvos ou transparentes sem que isso indique diferenças de qualidade. O fator cor é tão irrelevante que nas degustações os copos são opacos, para que o avaliador não seja influenciado pelo aspecto estético. A única cor que influencia é a da embalagem. As piores garrafas são as transparentes, porque a luz oxida os óleos.

Cozinhar com azeite faz mal?

Não, se um simples cuidado for tomado. O azeite de oliva só perde suas propriedades benéficas e se transforma em gordura saturada ao atingir temperaturas superiores a 170ºC.  Isso é facilmente percebido durante o cozimento. O chamado ponto de saturação do azeite ocorre quando ele começa a soltar fumaça. E o mesmo acontece com qualquer óleo vegetal superaquecido. O óleo de soja, por exemplo, começa a soltar fumaça a partir dos 210º C. Não há porque acreditar que azeite seja pior à saúde do que outra gordura superaquecida.

Esse post contou com a colaboração da Azeitóloga Ana Paula Beloto.

Referências bibliográficas: Associação Brasileira de produtores, importadores e comerciantes de Azeite de Oliveira, International Olive Council, Azeites de Espanha.

Fontes: http://www.sofisticado.com.br/

bisou bisou,

Vivi



Página 1 de 3312345678910...2030...Última »