“O melhor guia de Nova York”, de Pedro de Andrade

Jornalista e ex-modelo que comanda alguns dos programas mais emblemáticos sobre Nova York para TV’s brasileiras e norte-americanas, entre eles o Manhattan Connection(Globonews), Pedro Andrade reúne em livro as melhores dicas de culinária, moda, cultura e show bizz da Big Apple. O melhor guia de Nova York é o resultado de dez anos de trabalho do celebrado jornalista, experiente em descobrir o que há de melhor na cidade que se recicla e se reinventa a cada dia, exportando tendências para todo o mundo. Sofisticado e prático, o guia traz ainda uma coleção de fotos da cidade feitas pelo próprio autor.

O melhor guia de Nova York é uma verdadeira declaração de amor à cidade que Pedro de Andrade adotou para viver e trabalhar. Um guia para ser lido e apreciado, como uma das tantas dicas culinárias imperdíveis listadas pelo autor, e também para servir de inspiração e companhia de viagem numa cidade inesgotável.

Dividido em segmentos, O melhor guia de Nova York apresenta a cidade de forma original. Em uma conversa com o leitor, Pedro explica o que o viajante vai encontrar em cada local, o que deve esperar, quanto deve gastar, com qual celebridade vai esbarrar. E vai além de dicas frias e distantes: ele informa qual o traje apropriado para cada local, qual a melhor hora para chegar, onde conseguir reservas exclusivas, o que há de melhor para ser degustado em cada restaurante indicado no livro.

O livro alcança públicos múltiplos, de viajantes de primeira viagem àqueles que perderam as contas de quantas vezes desbravaram a cidade, mas que não se cansaram de visitá-la. Então, como cantou Frank Sinatra: Comece a espalhar a notícia, Estou partindo hoje. Eu quero ser parte de Nova York, Nova York. Boa viagem.

A seguir, Pedro lista seu top 10 na cidade:

1) CLÁSSICO: Indochine – Apesar de não ser dos estabelecimentos mais antigos de NY, o restaurante está bombando há quase 30 anos e consegue manter a boa comida e o fator “cool” por gerações (15 anos atrás você daria de cara com Andy Warhol… Em 2005 com Diane Von Furstemberg e hoje com Kate Moss).

2) ARTE: Saia do “eixo turístico” e dê um pulo no Brooklyn Museum! Um dos melhores – e mais antigos – museus dos EUA.

3) ESPETÁCULO: Sleep No More. Mais que um mero espetáculo… É uma experiência singular.

4) NOITE: O topo do Standard Hotel (Dividido em dois estabelecimentos – Boom Boom Room e Le Bain – ambos capazes de impressionar até o mais exigente dos visitantes.). Para quem curte house-music de qualidade, o Brooklyn Bowl em Williamsburg é imperdível.

5) RESTAURANTE: Minetta Tavern. Combinação perfeita de comida excepcional, decoração na medida e clientela tipicamente nova-iorquina.

6) HOTEL: The Standard Hotel no Meat Packing District. Os quartos são pequenos, mas, a localização, as amenidades e a vista compensam.

7) COMPRAS: A Gucci da Quinta Avenida é um verdadeiro espetáculo em todos os sentidos. Também curto o jeans da 3×1 no Soho e as camisas sociais masculinas da Jeremy Argyle.

8) Para os que curtem baladas mais intensas, a festa Sunday Service na Sankeys NYC aos domingos é uma boa pedida. O bar do momento agora é o Atlas Social Club em Hell’s Kitchen, porém, com uma vibe de East Village.

9) GRUPOS: O Standard Grill e o Barbuto são ótimas opções para grupos, mas é preciso fazer reserva. Aliás, em NY, é sempre melhor fazer reserva.

10) BRUNCH: Bubby’s no Meat Packing District. Pode pedir qualquer item do cardápio de olhos fechados…

Encontrei, no blog da Christina Pitanguy, uma entrevista exclusiva com o Pedro:

http://www.christinapitanguy.com.br/home/entrevista-exclusiva-com-pedro-andrade

bisou bisou,

Viviane



Guia de perfumaria da Natura

O Brasil é hoje o maior consumidor de perfumaria do mundo, segundo dados da Euromonitor de abril de 2013. Neste cenário, a Natura lidera o mercado nacional há mais de 15 anos. Suas criações têm assinatura da alma brasileira, pois são inspiradas no País, mas feitas para serem usadas no mundo todo.

Eu sou apaixonada por perfumes e é sempre bom aprender um pouco mais sobre este universo mágico dos perfumes!

Confira abaixo informações que fazem parte do guia de perfumaria da Natura e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto. Saiba também um pouco mais sobre os lançamentos da marca e conheça as novas embalagens dos clássicos perfumes.

bisou bisou,

Viviane



Implantes mamários

Os implantes mamários

1. Dados
2. Evolução dos implantes mamários
3. A cirurgia
4. MENTOR™
____________________________________________________________________________

1. Dados

  • Os Estados Unidos são os campeões em cirurgia de aumento mamário. Em 2011, foram 284.351 procedimentos de colocação de implantes, segundo pesquisa realizada pela International Society for Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS) em 25 países e divulgada em 2011.¹
  • O Brasil ocupa o segundo lugar no ranking, com 148.962 cirurgias para colocação de implantes de silicone¹,
  • Em terceiro lugar está o México, com 72.712 procedimentos.¹

2. Evolução dos implantes mamários

  • A primeira cirurgia de aumento mamário com implante de silicone foi feita em uma americana, 1962. No ano seguinte, a equipe médica apresentou os primeiros resultados para a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica.²
  • Dois cirurgiões de Houston, Dr. Cronin e Dr. Gerow, trabalharam em conjunto à Dow Corning para desenvolver o primeiro implante preenchido com gel. Os implantes foram introduzidos no mercado em 1963.
  • Os implantes salinos foram desenvolvidos em Paris, em 1965. Heyer Schulte introduziu os primeiros implantes salinos nos Estados Unidos, em 1968.

De lá para cá, a evolução dos implantes tem beneficiado cada vez mais as mulheres: 

Década de 1960²:

  • Os primeiros implantes mamários tinham membranas espessas e gel muito firme. O único formato disponível era o redondo.

Décadas de 1970-1990²:

  • Os implantes apresentam membranas mais finas e gel de silicone menos viscoso que os deixava mais macios. Entretanto, os casos de rompimento levaram a agência reguladora americana – Food & Drug Administration (FDA) – a proibir o uso desse tipo de implante no país.

Anos 2000²:

  • A membrana passa a ter mais camadas, tendo menos risco de rompimento, e inclui-se uma camada de barreira ao extravasamento de gel.
  • O silicone passa a ser de gel coesivo. O gel coesivo atua como uma unidade: isto quer dizer que mesmo que o implante venha a se romper o gel não se espalha pelo corpo da paciente. A partir desse período, começou o desenvolvimento de novos estilos (alturas e projeções diferenciadas) e formatos.
  • Em 2006, os implantes de silicone preenchidos com gel de silicone retornam ao mercado americano com a aprovação da Food & Drug Administration (MENTOR™ recebe aprovação), comprovando a segurança e eficácia dos dispositivos.

3. A cirurgia
Etapa 1 – Anestesia³:

  • As opções incluem sedação intravenosa combinada com anestesia local ou anestesia geral. O médico irá recomendar a melhor opção para cada paciente.

Etapa 2 – Incisão³:

  • As incisões são feitas em áreas discretas para ajudar a minimizar a visibilidade da cicatriz. O cirurgião plástico discutirá com a paciente quais opções de incisão são apropriadas para o melhor resultado. As opções de incisão incluem:
  • Incisão inframamária (a cicatriz fica escondida no sulco abaixo da mama);
  • Incisão transaxilar (a incisão é feita na axila da paciente);
  • Incisão periareolar. (esta incisão é feita no contorno da aréola da paciente)
  • As incisões variam de acordo com o tipo de implante, o volume desejado, as particularidades anatômicas e a preferência do cirurgião.

Etapa 3 – A escolha dos implantes³:

  • O tamanho e a forma dos seios são importantes uma vez que o implante mamário será determinado não apenas pelo desejo da paciente de aumentar o tamanho, mas também pela elasticidade da pele, anatomia e tipo físico.

Etapa 4 – Posição do implante³:

  • Após a incisão, o implante é posicionado.
  • Os posicionamentos mais comuns são:
    • Sob o músculo peitoral (colocação submuscular);
    • Diretamente atrás do tecido mamário, sobre o músculo peitoral (colocação subglandular).
    • O método para inserir e posicionar os implantes depende do tipo de implante, do volume pretendido, de particularidades anatômicas e de recomendações do cirurgião. Outros posicionamentos podem ser escolhidos a critério do médico, por exemplo, subfascial (atrás da fáscia) ou dual plane (parcialmente coberto pelo músculo, parcialmente coberto pela glândula mamária).

Etapa 5 – Fechamento das incisões³:

  • As incisões são fechadas com suturas. O fechamento superficial da pele pode ser feito por colas especiais e adesivos.

Etapa 6 – Recuperação³:

  • A recuperação de cada pessoa é diferente. O retorno da paciente para casa se dá geralmente no mesmo dia da cirurgia. A paciente poderá sentir dores após a cirurgia e suas mamas ficarão inchadas e sensíveis por alguns dias. Algumas atividades serão restritas por um pequeno período, como dirigir, lavar a cabeça e fazer ginástica. O médico indicará qual o tempo de recuperação indicado para cada paciente.


4. MENTOR™

  • Fundada em 1969, a MENTOR™ Worldwide LLC é a principal fornecedora de produtos médicos para o mercado global de medicina estética. A empresa desenvolve, fabrica e comercializa produtos inovadores e científicos para os mercados estéticos de todo o mundo. Com sede em Santa Bárbara, na Califórnia (EUA), a MENTOR™ tem operações de manufatura e pesquisa nos Estados Unidos e na Holanda.
  • A MENTOR™ faz implantes mamários há mais de 25 anos. Os implantes mamários da MENTOR™ são para uso tanto em aumento das mamas quanto em reconstrução mamária.
  • Em janeiro de 2009, a empresa foi adquirida pela Johnson & Johnson.
  • Os implantes da marca possuem as seguintes características que garantem sua qualidade: superfície texturizada; utilização de silicone de grau médico; técnica de fabricação assegurada por testes realizados em cada etapa de produção; barreira especial no elastômero da superfície; alto grau de coesividade do silicone.
  • A principal preocupação da MENTOR™ é com a saúde e segurança das pacientes. Por isso, os produtos da empresa são desenvolvidos e fabricados para atender todos os requisitos exigidos pelas agências reguladoras ao redor do mundo. Os implantes mamários da MENTOR™ são oficialmente aceitos por autoridades reguladoras de mais de 60 países, incluindo as seguintes aprovações:
    • Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) – Brasil;
    • Food & Drug Administration (FDA) – Estados Unidos;
    • E a marca CE de conformidade, pré-requisito para comercialização de produtos na área econômica européia – União Européia;
  • A MENTOR™ conta com extenso corpo de evidências científicas a respeito da segurança e eficácia de seus implantes: O MENTOR™ Adjunct Study, por exemplo, é um dos maiores estudos sobre dispositivos clínicos já realizados no mundo, com a participação de mais de 150.000 pacientes.
  • Os géis MENTOR™ são polímeros coesivos. Apesar da sensação de maciez e fluidez, o gel atua como uma unidade – é esta unidade que garante que mesmo em caso de ruptura da membrana, o gel permaneça no interior da mesma, não se espalhando pelo corpo da paciente. Os géis se mantêm unidos uniformemente ao mesmo tempo em que mantém o “toque” natural semelhante ao tecido mamário.
Referências
1. International Society for Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS): http://www.isaps.org/. Último acesso: 02/07/2013
2. Inventing Beauty: A History of the Innovations that have Made Us Beautiful. Autor: Teresa Riordan. Publicado em 05/10/2004
3. Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica: http://www2.cirurgiaplastica.org.br/cirurgias-e-procedimentos/mama/mamoplastia-de-aumento/. Último acesso: 02/07/2013

Para obter mais informações, basta clicar aqui:

http://tamanhoedocumento.com.br/

bisou bisou,

Viviane



Rio Sixties: nova coleção primavera/verão 2014 de O Boticário

RIO DE JANEIRO INSPIRA COLEÇÃO PRIMAVERA/VERÃO 2014 DE O BOTICÁRIO

Make B. Rio Sixties apresenta 23 itens de maquiagem, além de acessórios e uma fragrância surpreendente
A década de 60 foi marcada por mulheres elegantes, que trouxeram para a moda grafismos ousados e muita música brasileira para embalar alguns dos movimentos comportamentais mais relevantes do País. Inspirado nessa atmosfera retrô, somada ao glamour da Copacabana, ao calor das areias de Ipanema e ao romance da Lapa, O Boticário desenvolveu, em parceria com o make-up artist de Make B., Fernando Torquatto, Make B. Rio Sixties.

A nova coleção primavera/verão 2014 presta uma homenagem ao Rio de Janeiro, com produtos cheios de charme e muita inovação. Uma coleção completa de maquiagem com batons, sombras, delineador, blush, pó iluminador, entre outros. O grande destaque é a sombra com tecnologia exclusiva Fusion ColoristTM, que permite alta pigmentação e ultra-fixação. “Reunimos as principais tendências de moda e adicionamos uma boa dose de inovação. Essa tecnologia exclusiva permite misturar diferentes partículas de pós, o que confere acabamento perfeito à maquiagem. Além disso, as sombras provocam efeito 3D no look, com muito mais pigmentação do que os produtos tradicionais”, afirma Patrícia Scholz, gerente de categoria Maquiagem de O Boticário.

As cores da coleção trazem o clima do Rio de Janeiro para a maquiagem e o design dos produtos também compõe um atrativo à parte.

bisou bisou,

Viviane



Thássia Naves lançará livro este ano

A blogueira Thássia Naves lançará, este ano, seu primeiro livro. Com o intuito de consolidar seu trabalho que começou com o blog, a obra traz detalhes do seu dia a dia, sua rotina de viagens, dicas de estilo e moda. O livro celebra os primeiros cinco anos de sucesso do Blog da Thássia e os seus 25 anos de vida.

No livro, Thássia fala sobre sua paixão pelo mundo da moda e como fez disso a sua profissão. A blogger convida a leitora a fazer um raio-x de si mesma, a pensar no seu biótopo, analisar seu próprio estilo e fazer uma varredura no seu armário, dando dicas do que guardar e o que renovar. Uma dos temas mais comentados no blog, também não poderia ficar de fora: “como acertar no look de acordo com a ocasião”.

A paixão por acessórios ganha destaque, em um capítulo sobre como eles podem valorizar um look e dicas de como combiná-los ou descombiná-los. E a facilidade de fazer os próprios penteados durante as viagens por todo país na sua agenda corrida, também estão presente, junto com convidados de peso que falam sobre cabelo e maquiagem, contando truques que vão facilitar o dia a dia da leitora.

QUEM É - Nascida em Minas Gerais, Thássia Naves é formada em publicidade e em Image Consultant pelo Instituto Marangoni em Paris. Fundou o seu blog em 2009 para compartilhar suas experiências e assuntos relacionados à moda, beleza e lifestyle. Já foi eleita pela revista Glamour Espanha como uma das mulheres mais influentes do mundo da moda; pela Vogue Nippon como uma das blogueiras mais influentes do mundo e recentemente pelo jornal espanhol El País como a principal blogueira de moda da América Latina.

bisou bisou,

Viviane



Mitos e verdades sobre cirurgia plástica

Mitos e verdades sobre cirurgia plástica

O Brasil ocupa o segundo lugar no ranking dos países que mais realizam cirurgias de aumento de mama. Ainda assim, são muitas as dúvidas em torno do tema por parte do público feminino. Abaixo, os principais mitos e verdades sobre a cirurgia para aumento mamário com base em pesquisa com 400 mulheres realizada a pedido da Mentor Worldwide LLC com o objetivo de revelar a percepção das brasileiras sobre o próprio corpo e sobre as cirurgias estéticas.

Implante de silicone mamário interfere na atividade física.
MITO.
 O único momento em que a mulher deve tomar cuidado em relação à atividade física é no pós-operatório. Exercícios físicos que utilizem os braços de forma intensa, como musculação, corrida ou atletismo, só são permitidos após 60 dias da realização da cirurgia. A mulher também deverá utilizar tops que ofereçam uma boa sustentação para evitar que os seios balancem demais. Implantes muito volumosos (acima de 500 ml) podem eventualmente causar algum desconforto inclusive após a recuperação.

O corpo pode rejeitar o implante de silicone.
MITO.
 O silicone não apresenta rejeição. O que pode acontecer é a formação de uma contratura capsular. O organismo sempre produz uma cápsula ao redor de um corpo estranho introduzido. Esta cápsula pode se contrair, comprimindo o implante, causando desconforto, dor, deformação do formato do implante e, em alguns casos extremos, até a ruptura. Essa é uma resposta natural do corpo ao implante, que não pode ser prevista pelo médico. A incidência destes casos extremos é baixa – entre 1 e 5%. Nos casos mais extremos, quando há dor e nota-se visualmente a deformação da mama, é recomendada a troca do implante.

A cirurgia plástica só pode ser realizada em hospital.
MITO.
 De acordo com uma legislação do Ministério da Saúde, fiscalizada pelos Conselhos de Medicina e pela Vigilância Sanitária, tanto as clínicas de cirurgia quanto os hospitais estão habilitados para executar o procedimento operatório e também para prestar o pronto-atendimento de urgência no caso de complicações. No caso das clínicas cirúrgicas é necessário haver uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), segundo resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM).

Os implantes podem se romper.
VERDADE.
 Mas isso é muito raro de acontecer (menos de 1% dos casos, segundo estudos internacionais considerados pelo FDA). Nos implantes mais modernos e de fabricantes certificados pelas agências reguladoras é muito difícil haver o rompimento, pois as membranas são reforçadas. A ruptura pode ser causada por algum trauma grave (acidente de carro, por exemplo), defeito de fabricação ou por algum instrumental durante a cirurgia (agulha de sutura e bisturi, por exemplo). Caso a ruptura seja identificada, é indicada a troca do implante.

Implantes mamários dificultam a mamografia.
MITO.
 A mamografia pode ser realizada em pacientes que tenham implantes de silicone tanto abaixo da glândula como abaixo do músculo, sem prejuízo ao implante e à visualização de lesões mamográficas. É importante a paciente informar no momento do exame sobre a existência do implante de silicone. Assim, será realizada a chamada ‘Manobra de Eklund’, em que se traciona a mama para expor apenas o tecido mamário.

Há uma idade certa para colocar o implante mamário.
VERDADE.
 A cirurgia plástica só pode ser feita depois que a paciente tiver completado o desenvolvimento das mamas, o que normalmente acontece entre 16 e 18 anos. A cirurgia pode ser recomendada para menores de 18 anos, desde que o caso seja avaliado individualmente pelo médico.

Implante de silicone atrapalha a amamentação.
MITO.
 Habitualmente, o implante mamário não causa nenhum dano às glândulas mamárias, pois sua colocação é feita num plano abaixo do tecido mamário, não afetando a inervação do mamilo e nem os canalículos, responsáveis pelo transporte do leite pelos dutos mamários. Se houver a necessidade de transecção do tecido (o que pode ocorrer no caso de incisão ao redor da aréola) eventualmente pode haver algum prejuízo à amamentação.

Implantes de silicone aumentam o risco de câncer de mama.
MITO.
 Não há evidências científicas que relacionem implantes mamários e câncer de mama. Um grande estudo feito no Canadá¹ com 24.588 mulheres que fizeram aumento mamário com implantes de silicone, seguidas por um período de 15 anos (1974-1989), mostrou que os implantes de mama preenchidos por gel de silicone não estão relacionados com aumento de risco de desenvolver câncer de mama.

¹ Cancer incidence in a cohort of Ontario and Quebec women having bilateral breast augmentation,Brisson et al, Canada, Published online 27 December 2005 in Wiley InterScience (www.interscience.wiley.com). Int. J. Cancer: 118, 2854–2862 (2006)’ 2005 Wiley-Liss, Inc.Publication of the International Union Against Cancer

Para obter mais informações, basta clicar aqui:

http://tamanhoedocumento.com.br/

bisou bisou,

Viviane



Os seios ainda são a parte do corpo que mais chama atenção do público feminino

Dados da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos (ASPS) revelam que os seios ainda são a parte do corpo que mais chama atenção do público feminino, resultando em mais investimentos na estética. Tanto é assim, que a colocação de próteses atingiu a marca de 286 mil procedimentos no ano passado, liderando o ranking das Top5 cirurgias cosméticas (seguida pela rinoplastia, blefaroplastia, lipoaspiração e facelift). Já com relação às cirurgias reparadoras, a remoção de tumores mamários continua sendo de longe a mais realizada, atingindo a marca de 4,2 milhões de procedimentos em 2012, nos Estados Unidos.

Na opinião do cirurgião plástico Vitorio Maddarena Junior, diretor da Clínica Maddarena, em São Paulo, também no Brasil o desejo de ter seios bonitos e proporcionais ainda leva cada vez mais pessoas a procurar ajuda de um cirurgião plástico. “Logo atrás das cirurgias de aumento e reconstrução mamária, também são bastante realizadas as cirurgias de redução, mastopexia e ginecomastia. Além da saúde, também o aspecto emocional é bastante influenciado a partir desses procedimentos, aumentando a autoconfiança e a autoestima dos pacientes”.

Maddarena explica que a mastopexia é o lifting das mamas, bastante procurado por pacientes com mais de 35 anos. “Com o tempo, o ganho ou a perda abrupta de peso fazem com que o tecido mamário fique flácido. A impressão que se tem é de que os seios caíram, murcharam. Com a cirurgia de mastopexia, reposicionamos a aréola, eliminando todo excesso de pele em volta e dando nova forma aos seios, que voltarão a ficar mais empinados e proporcionais à silhueta da paciente”.

Em termos de cirurgia reparadora, quem tem de se submeter a uma mastectomia poderá contar em breve com o lipofilling. De acordo com o especialista, essa técnica promove a retirada de gordura da paciente através de uma lipoaspiração e a utiliza para aumentar os seios, remodelando seu formato e volume de forma muito natural. A gordura é preparada de modo a aumentar a concentração de células-tronco adultas – que melhoram a qualidade e a vitalidade dos tecidos para onde foram transferidas. Outra novidade é o uso do sistema BRAVA, que começa a ser utilizado no Brasil. “Essa é uma nova tendência para quem quer ter seios mais volumosos ou deve passar pela reconstrução mamária. O método consiste no uso de um equipamento em formato de sutiã que age à base de vácuo, expandindo a pele. Depois disso, prosseguimos com o lipofilling, esculpindo novas mamas”.

O formato do silicone também deve ser levado em consideração para conseguir o melhor resultado
Foto: Danilo Borges

1 – Baixo - Essas próteses têm uma base mais larga e são indicadas quando se deseja uma maior projeção do colo e pouca para a frente.

2 – Moderado - Base um pouco larga e são mais baixas, para preenchimento moderado do colo mamário e pouca projeção para a frente

3 – Alto - Possuem uma base menor e são mais altas. Usadas para projetar os seios para a frente sem tanta necessidade de preenchimento.

4 – Superalto - Base ainda menor e de maior projeção, quando se deseja preencher bem o colo, e não se projetam para as axilas.

5 – Anatômico - Têm um formato de gota e são indicadas para aquelas pacientes que querem um aumento de forma e contorno proporcional.

bisou bisou,

Viviane



A CORAGEM DOS RECOMEÇOS

A CORAGEM DOS RECOMEÇOS

«Dá-nos Senhor, a coragem dos recomeços.
Mesmo nos dias quebrados faz-nos descobrir limiares límpidos.
Não nos deixes acomodar ao saber daquilo que foi: dá-nos largueza de coração para
abraçar aquilo que é. Afasta-nos do repetido, do juízo mecânico
que banaliza a história, pois anula qualquer surpresa e esperança.
Torna-nos atónitos como os seres que florescem.
Torna-nos inacabados como quem precisa, deseja e antecipa um amanhã.
Torna-nos confiantes como os que se atrevem a olhar tudo, e a si mesmos,
com o encanto e a disponibilidade de uma primeira vez.»
José Tolentino de Mendonça
Que Deus abençoe cada um de vocês neste novo ano de 2014! Que vocês sintam o perfume de Jesus e a Sua presença santa, em todos os momentos…
bisou bisou,
Vivi e Magali



O que mais importa na hora de escolher um implante de silicone?

Pesquisa revela que para a maioria das mulheres brasileiras qualidade é o item mais importante na hora de escolher um implante de silicone

Estudo mostra, ainda, que as mulheres valorizam o tamanho dos seios e sonham com volumes maiores. Três em cada dez mulheres pensaram em aumentar os seios

Uma pesquisa com 400 mulheres realizada a pedido da Mentor Worldwide LLC, marca líder mundial em produtos estéticos, nas cidades de São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Brasília e Rio de Janeiro, revelou que para a maioria (62%) qualidade é o aspecto mais importante para a escolha do implante de silicone mamário. Metade declara ter buscado informação sobre implante de silicone mamário e a cirurgia. No entanto, quase 90% das entrevistadas não conhecem nenhuma marca de silicone, cerca de 62% não têm informação sobre tamanhos e 58% desconhecem preço.

Realizado pelo Instituto de Pesquisas Ideafix durante todo o mês de março, o estudo envolveu mulheres de 18 a 45 anos, das classes A e B, e buscou revelar a percepção das brasileiras sobre o próprio corpo e sobre as cirurgias estéticas.

Ainda segundo a pesquisa, o tamanho dos seios é proporcional à satisfação delas: quanto maiores, mais elas ficam satisfeitas com o corpo. Um terço das mulheres já pensou em colocar implante de silicone. Esse percentual aumenta para 48% entre mulheres que usam soutien 38 ou 40. Entre as que pensaram em fazer a cirurgia de aumento de mama, mais de 50% quer colocar em prática – tamanho (39%) e auto-estima (35%) motivam a cirurgia. Para 94% das entrevistadas, seios maiores são sinônimo de autoestima elevada.

Segundo a pesquisa, a cirurgia de aumento de mama é a terceira mais desejada pelas pesquisadas (23,5%), perdendo apenas para lipoaspiração (32,3) e abdominoplastia (31,5%).

O resultado do levantamento mostrou ainda que a principal razão para as mulheres realizarem a cirurgia de aumento mamário é a insatisfação com o tamanho, problema relatado por 40% delas. Para cerca de 4 em cada 10, a cirurgia as tornaria mais sexy e desejadas. Já 19% das mulheres fariam a cirurgia pela insatisfação com a forma dos seios.

A opinião dos homens também é importante para elas: segundo as entrevistadas, 88% dos homens preferem seios maiores, sendo que 77% delas têm a mesma opinião deles. Por outro lado, para a maioria (60%) das mulheres, quanto mais natural o resultado, melhor.

Cerca de 72% das brasileiras afirmaram que têm muita ou alguma preocupação com o corpo. A barriga (73%) e os seios (55%) são as partes do corpo de que elas menos gostam.

Os mitos e verdades sobre o silicone
Alguns mitos sobre a relação entre implante mamário de silicone e saúde foram desfeitos na pesquisa. Para 91% das entrevistadas, por exemplo, a atividade física pode ser realizada sem cuidados especiais em quem tem implante. Outros mitos, no entanto, permanecem. É o caso da relação entre silicone e amamentação: 32% das entrevistadas ainda acreditam que o implante atrapalha o ato de amamentar. Com relação à mamografia, para 15% delas os implantes dificultam o exame e 31% das entrevistadas acreditam que o silicone aumenta o risco de câncer de mama.

Quando o assunto é a realização da cirurgia, 81% das mulheres pesquisadas disseram que o implante só pode ser colocado em hospital, excluindo as clínicas médicas. Além disso, para elas não existe idade certa para aumentar os seios (54%) e, alguns anos após a realização da cirurgia, 87% delas acreditam que os implantes precisam ser trocados.

As principais preocupações encontradas nas respostas das entrevistadas são todas relacionadas ao pós-operatório. Para 87% delas, o corpo pode rejeitar o implante de silicone e 79% das mulheres acreditam que ele pode se romper.

Sobre a Mentor Worldwide LLC
A Mentor Worldwide LLC é líder mundial no mercado de produtos estéticos. A empresa desenvolve, fabrica e comercializa produtos inovadores para procedimentos médicos cirúrgicos e não cirúrgicos que permitem aos pacientes manter uma aparência mais jovem e melhorar sua qualidade de vida. No Brasil, os produtos da Mentor Worldwide LLC são comercializados pela Johnson & Johnson Medical Brasil, uma divisão da Johnson & Johnson do Brasil Indústria e Comércio de Produtos para Saúde Ltda.

Sobre a Johnson & Johnson Medical Brasil
A Johnson & Johnson Medical Brasil é parte do maior e mais diversificado negócio de dispositivos médicos e produtos para diagnóstico do mundo, produzindo uma ampla gama de produtos inovadores utilizados principalmente por profissionais de saúde nas áreas de ortopedia, neurovascular, cirurgias, diabetes, prevenção de infecção, diagnósticos, doenças cardiovasculares, medicina esportiva e estética. A Johnson & Johnson Medical Brasil é uma divisão da Johnson & Johnson do Brasil Indústria e Comércio de Produtos para Saúde Ltda.

Para obter mais informações basta clicar aqui:

http://tamanhoedocumento.com.br/

bisou bisou,

Viviane



Novidades: Batons Natura Faces e a fragrância feminina Borbulha de Humor. Oba! O correio chegou!

A Natura lançou seis cores de batons da linha Natura Faces ,que receberam nomes relacionados aos desejos de Ano Novo. : Rosa Sucesso, Rosa Esperança, Pink Energia, Rosa Paz, Coral Amor e Pêssego Alegria. 

Há, ainda, o perfume Natura Borbulhas de Humor, apostando também em um Réveillon com borbulhas de alegria. A novidade, além da fragrância feminina Borbulha de Humor, traz três fitas com mensagens para viver uma vida com mais Humor.

As embalagens, todas coloridas, são muito bonitas e nos remete a alegria de um novo ano, cheio de maravilhosas surpresas!

Natura Faces Batom FPS 8 – edição limitada - Nova coleção de batons vem com embalagens exclusivas que exploram as cores de cada desejo do réveillon. Os batons possuem os tons que são tendências para o verão, com fator de proteção solar 8 e textura cremosa, fácil de aplicar nos lábios.

Preço sugerido: R$ 11,90 (cada)

Os batons de Natura Faces contam com fator de proteção solar 8 que protege os lábios dos efeitos do sol e com espelho na tampa em uma embalagem prática.

Desodorante Colônia Borbulhas de Humor, Natura

Natura Borbulhas de Humor – A linda caixa traz a nova fragrância Borbulhas de Humor, que é a releitura de Humor 1 com notas de champanhe, de 75 ml, além de três fitas com mensagens de humor. Os produtos acompanham uma caixa especialmente desenvolvida para a data.

Preço Sugerido: R$ 70,80

Ótimas opções para presentear quem você ama, inclusive se esta pessoa for você mesmo!

Obrigada pelos presentes Natura!

bisou bisou especial a Maria Fernanda, a Raquel e a Mariana!,

Viviane